quarta-feira, 20 de abril de 2011

Entrevista para A EPTV




Impulsionados por redes sociais, desenhistas conseguem carreira internacional

Campineiros expõem trabalhos em outros países

18/04/2011 - 13:48

EPTV.com - Aline Guevara




Meio de divulgação por excelência, a internet é propagadora dos mais diversos assuntos. Aproveitando a deixa, desenhistas deixam seus trabalhos mais acessíveis para o público. Vale tudo: Twitter, Orkut, Facebook, fotolog... Quanto em mais lugares, melhor. As ferramentas têm tornado a possibilidade de ganhar atenção mais palpável, inclusive internacionalmente.

Dentre esses artistas está Fabiano Carriero, de 29 anos, que com pouco tempo de carreira já participou em inúmeros salões de humor no Brasil e no exterior. Itália, Portugal, Sérvia e Irã já receberam seus trabalhos. "A internet ajuda a divulgar o trabalho para o mundo todo. Você vai fazendo seu nome a partir dela", conta Carriero.

Carriero é um apaixonado pelas histórias em quadrinhos desde criança, quando colecionava os gibis de seus heróis preferidos. No fundo, sempre soube que era isso que queria para vida. Abandonando o medo de não conseguir um "emprego regular", deixou o trabalho de montador em uma loja de móveis para se dedicar inteiramente ao desenho. Atualmente, faz caricaturas na feira do Centro de Convivência em Campinas, além de contribuir em diversos sites de humor brasileiros e internacionais.

Incentivado pela avó, o campineiro decidiu fazer aulas para aperfeiçoar os traços. Hoje, comemora a decisão de ter deixado o emprego de montador para se dedicar ao desenho. "Me arrependo de não ter feito isso antes". Carriero transita entre diversos estilos: de cartum, caricatura, charge às histórias em quadrinhos.

Contatos
O veterano cartunista Ricardo Quintana explica a diferença entre o cartum e a charge. “O cartum tem a característica de ser uma cena universal, uma ilustração que é compreendida em qualquer lugar do mundo. Enquanto a charge se apóia em algum assunto factual, como um escândalo político. “Já a caricatura é um retrato distorcido de alguém”, explica.

Quintana também é entusiasta da internet a serviço do desenho. "Twitter e Facebook são importantes para manter o fluxo de material produzido chegando ao público de uma forma rápida e fácil”. O cartunista conta que um colega chegou a receber 20 mil euros por um trabalho exposto num salão de humor espanhol. "Todos esses contatos ocorrem pela internet".

Carriero sabe que a divulgação pela web também tem desvantagens. Não é incomum se deparar com um trabalho copiado, com créditos alterados. Mas a balança pesa pro lado positivo e prefere deixar seus leitores atualizados nas redes sociais. "Eu sempre coloco material novo para manter aqueles que me acompanham interessados", comenta.

Para conhecer mais o trabalho do artista, acesse o seu blog. (A fim de ilustrar a matéria, algumas produções de Fabiano Carriero. Acima, caricatura do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab; charge sobre a seleção de futebol brasileira; e cartum sobre situação de pedestres no trânsito. Abaixo, a história em quadrinhos "A Ilha").







3 comentários:

Mônico Reis disse...

Chique no urrrrrtimo!
Parabéns meu nobre!
Vc é um grande guerreiro na nossa arte! Merece total reconhecimento pelo talento e dedicação.
Vamo q vamo...
Abração e bons traços...

Aline Silva disse...

Caracas!!!
Olha, olha meu amigão subindo os degraus do sucesso.
E não deixe jamais de postar para nós, seus fâs.
Parabéns pelo sucesso e por ser essa pessoa tão simpática, gentil e simples, vc não imagina o prazer que eu tive de ter lhe conhecido.
Você vai longe garoto!!!
Pra ser 10 só PRECISA ME DÁ minha CARICATURA!!! kkkkkk Bjssssss te adoro

Aline Silva disse...

Boa tarde!

CONVITE - Exposição Internacional de Retratos e Caricaturas.

Se quiser saber mais, entra lá no meu blog www.roaliproducoes.blogspot.com.br
para saber mais.

Quero ver você participando.

Bjs